Cachorro Pequinês: Preço, cores, características e curiosidades

Uma das menores raças do mundo, conhecida por parecer uma miniatura de leão, assim é conhecido qualquer cachorro da raça Pequinês. Saiba tudo sobre essas fofurinhas, que cada vez tutores buscam pelo pet afim de terem uma companhia divertida e leal.

pequinês self
Foto: dog-learn.com

Sempre bom ressaltar que cada raça de cachorro tem sua própria história e aspectos. Portanto, com pequinês não é diferente. Confira características e outras curiosidades marcantes que tornam esses pequenos únicos!

História e origem

O Pequinês é uma raça proveniente da China, sendo uma das mais antigas do mundo, tendo registros de quase 4000 anos atrás. Ficou conhecida no país através do budismo que o considerou um animal sagrado, passando a viver isolado no então palácio imperial chinês, na Cidade Proibida. Entretanto, após a invasão inglesa, saques foram realizados pelos europeus incluindo na captura destes cães, que passaram a ser difundidos pelo ocidente.

Contudo, a cultura chinesa é algo muito forte, expressivo e poético. E não poderia ser diferente ao tratar do surgimento do pequinês. Contos populares dão conta de que no passado, uma pequena macaca e um leão se apaixonaram. Para facilitar esse amor, os deuses concederam ao leão a graça de poder diminuir seu tamanho, tornando-se num belo pequinês. Dessa forma, é tido que a raça é brava como o pai leão e pequeno, inteligente e doce como a mãe macaquinha.

Características

Ser pequeno e fofo é a mais marcante e principal característica. Dessa forma, esses cães podem atingir até 23cm e seu peso, em condições normais, gira em torno de 2 a 6kg.

A pelagem deles é bem densa, contendo pelo e subpelo. Outro aspecto famoso dessa raça é o formato dos pelos em torno do seu rosto, formando uma espécie de juba de leão, que em alguns casos, escondem suas orelhinhas caídas. Alguns tutores preferem não tosar seus pets para permitir que a pelagem cresça de tal forma que podem arrastar no chão, cobrindo as patas deles.

Cores do Pequinês

Já que estamos falando da pelagem destes cachorros, é bom destacar a boa variedade de cores que ele possui. Cada tom contém sua própria personalidade, trazendo ainda mais charme e beleza a esses animais. Vamos à algumas delas!

Dourado

pequinês dourado sentado no gramado
Foto: a-z-animals.com

Começamos com a cor mais comum entre a raça, o dourado. Sendo um tom meio caramelo podendo ter alguns detalhes brancos nas partes inferiores do cão.

Cinza

pequinês cinza deitado
Foto: besthqwallpapers.com

Outra cor muito comum é o cinza. Cães desse tipo ainda podem conter alguns detalhes brancos que realçam ainda mais sua beleza e fofura.

Preto e cinza

pequinês preto e cinza no gramado
Foto: loveyourdog.com

O preto e cinza é uma combinação meio difícil de encontrar mas é muito belo. As cores casam muito bem e deixam o o pequinês ainda mais belo!

Preto

pequinês preto deitado
Foto: pekingesecentral.com

As cores sólidas também se fazem presente na raça. O preto é uma delas, com uma intensidade e brilho que são vistosos de ver nas lindas pelagens do pequinês.

Preto e branco

pequinês preto e branco sentado no gramado
Foto: mundoperros.es

A clássico de combinação de cores no mundo canino também se faz presente na raça pequinês. O preto e branco é sempre capaz de realçar ainda mais a beleza de qualquer cão, o tonando único! Outro detalhe é a riqueza na variedade e tipos que e as cores trazem, visto que não há um padrão para as formas e tonalidades.

Fulvo

pequinês fulvo sentado na grama
Foto: akc.org

Por último temos o tipo fulvo, sendo um tom meio castanho escuro avermelhado, muito parecido com o dourado.

Cuidados com o pequinês

No geral, se bem cuidados, esses cães possuem uma boa saúde. Contudo são propensos a desenvolverem alguns problemas com o passar do tempo, principalmente com relação aos olhos, que podem ter alguma úlcera de córnea e até mesmo prolapso do globo ocular. Portanto, são fundamentais consultas regulares ao veterinário para exames de rotina, com o intuito de checar se está tudo em ordem com seu pet. Além disso, na detecção de qualquer problema, ele poderá ser tratado de forma precoce, o que facilita muito a recuperação.

As dobrinhas nos rostos desses cães também necessitam de uma atenção especial, pois não podem ficar úmidas. Caso contrário, podem acarretar em odores e até mesmo problemas com fungos. Dessa forma, sempre inspecione essa região do seu pet e se caso for preciso, a higienize com produtos recomendados pelo veterinário.

Outro cuidado importante com o pequinês é a cerca da sua pelagem. Deve ser escovada pelo menos a cada dois dias, pois tendem a desenvolverem nós facilmente além de ficarem embaraçados.

Na questão de atividades e exercícios, pegue leve com seu cãozinho, pois essa raça não possui muita energia. Assim, desenvolva uma rotina leve e divertida para que seu pequinês possa brincar de maneira saudável e segura.

Preço de um pequinês

O preço de um filhote desta raça pode variar entre R$ 1.500,00 e R$ 3.500,00. Fatores como sexo, linhagem e local de nascimento influenciam no valor.

Por fim, clique aqui e conheça um dos “primos” do pequinês, o Lhasa Apso!

Seu cachorro faz xixi e cocô em qualquer lugar?

Clique aqui e saiba como acabar com este problema!

CãesPequinêsRaças de Cães

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Gestor Animal © 2022 - Todos os direitos reservados