Descubra qual é a importância de passear com cachorro

Dúvidas como: qual é a importância de passear com meu cachorro? Quais os benefícios? Com que frequência devem ser realizados os passeios? Posso prejudicar meu cão se deixar de realizar os passeios? São questões constantes na cabeça de todos que amam seu pet.

Pode parecer um tema bobo, mas é de suma importância a necessidade que TODOS os cães possuem com relação ao tema abordado. Sejam eles de grande, médio ou pequeno porte, de raça ou vira-lata.

A importância de passear com cachorro

passear com cachorro é importante

Muitos cães modernos tem seu espaço limitado a um quintal ou até mesmo um apartamento. Logo, falta oportunidade de fazer o que seu instinto pede. Por mais que seu cão tenha acesso um vasto quintal, o lugar não fornece os estímulos sensoriais suficientes para tirar seu cachorro do tédio.

Para aqueles que vivem em apartamentos ou dentro de casas sem acesso ao quintal o problema pode ser ainda maior. O chão liso faz com que as unhas dos cães não sejam gastas e então ficam mais longas e consequentemente mais escorregadias. Um grande perigo para cães com doenças ortopédicas. As ruas, com chão de material grosso, servem como uma espécie de "lixa" natural para cães gastarem suas unhas.

Cães precisam de exercícios, principalmente se ele for daqueles tipos preguiçosos, pois a falta da movimentação do corpo canino pode acarretar em obesidade. Além disso, é necessário que seu dono estimule a mentalidade canina, permita-o farejar e conhecer novos cheiros, vistas e sons. O contato com o meio ambiente durante as caminhadas trará com certeza sensações que não existiam enquanto ele estava dentro de casa.

Os benefícios de passear com cachorro

benefícios de passear com cachorro

Primeiramente, o cachorro é o melhor amigo do homem, então nada melhor do que compartilhar toda essa felicidade e explosão de conhecimento com um amigão, não é mesmo?

Os cachorros, assim como nós, se sentem entediados. Precisam correr, brincar e se divertir. Uma das formas de encontrar essa diversão sem destruir sofás, mesas ou objetos pessoais como chinelos, é brincando ao ar livre.

Experimente comprar um disco, os cachorros amam, treine ele para quando você tacar, ele buscar e lhe dar de volta, cães gostam do movimento e será uma atividade divertida para ambos. Não se esqueça de demonstrar afeto, cães estão sempre diretamente ligados a seus donos por isso é importante para eles o vínculo obtido.

Mesmo que o seu cão esteja ativo dentro de casa, ele ou ela ainda precisa de outra saída para energia reprimida. Você se beneficiará de ter um cão bem exercitado, já que cães cansados tendem a se comportar melhor e você ajudará seu animal a evitar ganho de peso desnecessário!

A frequência que devem ser realizados os passeios

frequência para passear com cachorro

Independentemente do seu tamanho, raça, sexo ou idade, seu pet  precisa de atividade física para ser um animal saudável e equilibrado. Porém com variações relacionadas ao tempo.

O tempo necessário para atividades físicas devem corresponder proporcionalmente ao porte do cachorro (tamanho). Cachorros grandes tendem a ter mais energias para gastar, por isso é necessário um tempo maior de dedicação. Cachorros menores tendem a cansar mais rápido. Lembre-se, não precisamos de um cachorro exausto ou afadigado, precisamos manter seu equilíbrio.

Experimente começar aos poucos, sempre conhecendo os limites do seu cão, comece com tempos curtos de 5 à 15 minutos. Aumente o tempo conforme seu amigo corresponda a todas as novidades. Seu cão certamente ficará eufórico, então é necessário sua calma e compreensão. Busque passear diariamente, mude os padrões, inclua seu cachorro em atividades simples como ir à padaria ou ao parque. Torne ele como parte da sua rotina. Ele se acostumará rápido.

Nunca passe os limites de seu cão, ele não deve ser forçado para que não vire uma atividade estressante. Um cão fadigado é facilmente notório. Quando em caminhada com longas durações, pare um pouco para seu cão descansar, nunca esqueça de levar uma vasilha e uma garrafa com água, seu amigão certamente precisará estar hidratado.

O que ocorre quando cães são privados de passeios

cachorro com depressão por não passear

Ao acostumar seu cachorro com os passeios frequentes, você pode também treiná-lo para fazer suas necessidades fisiológicas na rua. Ou seja, evitando urinas e fezes dentro do ambiente da casa e prevenindo doenças.

Cães que não passeiam, tendem a obter depressão. Principalmente quando o dono possui uma rotina de trabalho e o filhote fica sozinho em casa por algumas horas, em casos de depressão profunda pode levar o cachorro a óbito. Além de que o cão passa a não obedecer seu dono, tendo sua relação enfraquecida com tal pela ausência de momentos compartilhados juntos. Isso explica completamente as ações destruidoras que o pet costuma tomar com os móveis e objetos da casa.

Ao deixar seu pet somente em casa, seu cão se torna preguiçoso, aumentam os riscos de obesidade canina e problemas na coluna.

Além disso, a falta da socialização faz com que seu cão tenha certa aversão por desconhecidos. Tornando-o um cão desconfiado e fechado para qualquer tipo de afeto sem ser de seu dono. Isso se torna um grande problema pois se houver qualquer visita na casa, um cão antissocial pode não aceitar a presença de outras pessoas no local reagindo de forma agressiva e avançando nos convidados.

Cuidados necessários

cuidados ao passear com cachorro

Diante de todas as informações dadas anteriormente, é crucial citar que cuidados devem ser tomados.

Para você que chegou até aqui nesta página e pretende começar passear com seu cachorro, é importante que antes de tudo procure seu veterinário e informe seus planos. Não esqueça de verificar se todas as vacinas do pet estão em dia e ter certeza de que seu sistema imunológico está forte o bastante para entrar em contato com outros organismos na rua e protege-lo de doenças transmissíveis.

Busque por passeios em lugares acessíveis, evite lugares com muita movimentação de ônibus, carros e bicicletas pois pode assustar seu amigo de 4 patas.

Providencie também uma coleira de identificação, sempre é bom estar prevenido caso seu cachorro fuja e fique perdido. Coloque algumas informações básicas como o nome do cão, nome do dono e um número para contato. Assim, se o pior acontecer, alguém poderá te contatar caso ache seu pet. A coleira pode ser personalizada de acordo com seu gosto. Assim, além de segurança também trará elegância e estilo para seu cão.

Um fato muito importante: tenha cuidado com altas temperaturas. A temperatura normal de um cão está em média 3 graus acima da nossa. Busque um horário ideal, como antes das 10 horas da manhã ou após 16 horas da tarde. Cães de pelagem mais escura e longa absorvem mais calor, por isso, tenha atenção na temperatura  antes de sair de casa com seu cachorro.

Portanto, para você que ama seu cão essas dicas serão cruciais para um estilo de vida equilibrada, saudável e divertida.

Você tem enfrentado problemas comportamentais com seu cachorro?

  • Xixi e cocô no lugar errado
  • Destruição de objetos
  • Latidos em excesso
  • Agressividade
  • Pulos incontroláveis
  • Entre outros

Se você deseja dar um basta nestes comportamentos indesejados clique no link a seguir e saiba como: Quero saber agora!

Saúde Exercício

Atualizado em 14/06/2019
Sua assinatura não pôde ser validada.

Receba conteúdo e dicas exclusivas

Preencha os campos abaixo e mantenha-se atualizado.

Tudo certo. Em breve você receberá as melhores dicas para cuidar melhor do seu cãozinho.

Escreva seu comentário

Veja Também

O Gestor Animal é o lugar certo para solucionar todas as dúvidas sobre cães!

facebook gestor animal instagram gestor animal rss gestor animal