Descubra agora o que pode ser a causa do gato espirrando

O gato espirrando pode ser um dos sons mais fofos que você já ouviu, mas é sempre motivo de preocupação? Assim como os humanos, os gatos podem pegar resfriado e sofrer de infecções respiratórias e sinusais. No entanto, existem outras condições que também podem levar a esses espirros.

Por que meu gato está espirrando?

gato espirrando

Antes de mais nada, os gatos podem espirrar por vários motivos, como:

  • Uma simples cócegas no nariz.
  • Um cheiro nocivo, como o de produtos químicos
  • Poeira e outras partículas transportadas pelo ar
  • Um objeto estranho como um pedaço de fiapo, grama ou cabelo
  • Uma infecção respiratória
  • Inflamação da cavidade nasal e/ou seios da face
  • Inflamação ou infecção de um dente causando drenagem nos seios da face

Existe um padrão?

gato com boca aberta

Antes de mais nada não há razão para se preocupar com espirros ocasionais aqui e ali. Pois pode ser apenas algo no ar irritando sua passagem nasal. Por outro lado, se for mais do que apenas ocasional, procure padrões: isso acontece na mesma hora do dia? Isso só acontece em um determinado lugar ou durante atividades familiares? Procurar padrões pode ajudar a determinar se o seu gato está espirrando devido a algo irritante. Ou então, se é causado por uma infecção ou outra doença subjacente.

Caso você tenha notado que seu gato está espirrando muito, com corrimento pelo nariz ou olhos. Juntamente com falta de energia e perda de apetite, então pode ser algo com que se preocupar. Espirros acompanhados de outros sintomas podem ser um sinal de que seu gato está sofrendo de uma infecção respiratória aguda. Ou então outra doença subjacente que pode exigir cuidados veterinários.

Causas mais graves de espirros em gatos

gato com pata na cabeça

Infecções respiratórias agudas

A princípio, Os sintomas comuns de infecção respiratória superior em gatos incluem:

  • Espirros recorrentes durante várias horas ou dias
  • Corrimento incomum do nariz ou olhos que pode ser claro, amarelo, verde ou sangrento
  • Tosse
  • Febre
  • Desidratação ou diminuição do apetite

Tratamento

Primeiramente, o tratamento para infecções respiratórias agudas depende da gravidade. Contudo, em casos graves, pode ser necessário tratamento, como:

  • Medicamentos antivirais ou antibióticos
  • Gotas para os olhos e/ou nariz
  • Esteroides
  • Fluidos subcutâneos (em casos envolvendo desidratação)

Nasal e problemas de sinusite

Além de espirros frequentes, os sinais de rinite e sinusite em gatos incluem:

  • Corrimento nasal claro em casos leves oi amarelo, verde ou com sangue em casos graves
  • Respiração difícil, ronco e/ou respiração pela boca
  • Lacrimejamento e secreção dos olhos
  • Espirros reversos (limpar o nariz por meio de inalações curtas e rápidas)
  • Um caroço na ponte do nariz (se fúngico)

Tratamento

O diagnóstico de rinite e sinusite envolve uma avaliação do histórico médico do seu gato. Além disso, um exame físico completo. Bem como uma rinoscopia veterinária, que envolve a inserção de um pequeno endoscópio no nariz. Ou na boca para melhor visualização da estrutura nasal. Assim também pode ser necessária junto, uma lavagem nasal para coletar as amostras.

Por fim, o tratamento pode incluir rubor nasal e antibióticos de amplo espectro para tratar ou prevenir infecções bacterianas. Além disso, uma dose de esteroides para abrir as cavidades nasais e sinusais. Fluidos intravenosos e suporte nutricional também podem ser necessários em casos graves.

Condições respiratórias crônicas

Os sintomas das doenças respiratórias crônicas em gatos são semelhantes às infecções respiratórias agudas. Contudo persistem durante semanas ou meses ou em intervalos de algumas semanas. Além disso, condições como a rinite crônica também podem levar a infecções bacterianas recorrentes, que podem piorar os sintomas.

Ademais, esses sintomas podem incluir:

  • Ataques de espirro
  • Nariz entupido e escorrendo
  • Corrimento nasal espesso e amarelo
  • Perda de apetite
  • Babando e dificuldade em engolir

Tratamento

Em condições crônicas, a investigação é necessária para determinar as causas subjacentes, incluindo:

  • Exames de sangue e urina para detectar vírus e outras doenças infecciosas
  • Raios-X ou imagens avançadas do nariz, faringe e tórax
  • Rinoscopia para melhor visualização das estruturas dentro do nariz
  • Pequenas biópsias do nariz para determinar se algum organismo está presente

Saiba quais são as principais doenças de pele em gatos, clicando aqui.

Seu cachorro faz xixi e cocô em qualquer lugar?

Nós podemos lhe ajudar! Clique aqui e saiba como

GatosSaúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também:

O gato Inglês de pelo curto (British Shorthair) tem uma aparência formidável. Saiba tudo sobre esta raça!

Leia mais

O gato Bengal se apega demais aos seus donos sendo um amigo fiel com personalidade dócil. Saiba tudo sobre esta raça!

Leia mais

A obesidade canina é um terrível problema de saúde que o homem proporcionou aos cães. Clique e descubra agora como tratar este problema!

Leia mais

Há gatos que não se importam com o espaço pessoal de seu dono. Sentado no banheiro e olhando para você tentando fazer cocô ou subindo em seu rosto no meio do cochilo, é a especialidade dos felinos.

Leia mais

Existem muitos cães e gatos que se dão tão bem, que é lindo ver. Do mesmo modo que existem outros animais de estimações que são tão chatos um com outros que lembram até desenhos animados.

Leia mais

A maioria dos cães mastiga quase tudo – ossos, brinquedos, sapatos. Mas o que fazer para ajudar seu cachorro engasgado? Iremos agora compartilhar o que pode ser feito em caso de um emergência de asfixia.

Leia mais

Gestor Animal © 2020 - Todos os direitos reservados